© 2023 por "Pelo Mundo". Orgulhosamente criado com Wix.com

Visto em

    Gostou da leitura? Doe agora e me ajude a proporcionar notícias e análises aos meus leitores  

Minha Vida em Marte

January 24, 2019

 

Há um mês entrou em cartaz o filme nacional, dirigido por Susana Garcia, Minha Vida em Marte. Um misto de comédia e drama vivido por Fernanda, interpretado por nada mais, nada menos do que Monica Martinelli contracenando com Marcos Palmeira, no papel de seu marido Tom. Não poderia deixar de mencionar um dos personagens principais e que na realidade rouba todas as cenas Paulo Gustavo no papel do melhor amigo de Fernanda Aníbal.

Infelizmente, ou felizmente Fernanda e Tom vivem uma crise no relacionamento após anos de casamento e de terem uma filha - Joana (Marianna Santos), o que não é spoiler, até mesmo porque o fato é retratado no trailer - o resultado é uma separação.

Inicialmente Fernanda não aceita a nova vida sofrendo ainda mais à cada notícia de seu ex-marido.

A missão de Aníbal nesse momento é apoiar e ajudar a amiga nesse momento de dificuldade.

Agora vamos a minha opinião.

De antemão já digo que não sou muito fã de filmes nacionais, ainda mais comédias. No entanto, fui de fato surpreendido. Minha Vida em Marte é um filme que me arrancou muitas risadas.

Lembrando que não sou crítico de cinema, e que aponto apenas uma opinião pessoal.

O que muitas vezes incomoda nas comédias é o ridículo, o que não é algo perceptível neste longa. A trama acontece meio que naturalmente, todas as situações são bem possíveis de acontecer. Outro ponto de surpresa é o fato de que o final, ao menos pra mim não foi previsível.

Os cenários escolhidos para o longa foram muito bem selecionados, mostrando tanto belas imagens do Brasil como dos Estados Unidos. Dito isto, não poderia ser diferente o uso de câmeras abertas.

Como seria de se esperar, o filme retrata muito a visão feminina, demonstrando a superação de uma mulher que sofre ao ver um de seus sonhos, o de que "até a morte nos separe", desfeito. Outro ponto que pude notar foi o fato de mostrar que um homem dificilmente viva sem uma mulher, ou que seja mais fácil para o homem superar do que mesmo a mulher.

O longa transparece que o homem não sente a dor de uma separação - ao menos foi essa a minha impressão! E talvez esse seja o único ponto negativo do filme. Querendo ou não, o filme retrata a história de um relacionamento desgastado pelo tempo, nesse caso ambos sentiam e sofriam o desgaste. É importante destacar que o casal gerou uma filha e, que pra todo efeito Tom era o Pai.

Outro aspecto da história é que, em dado momento, parece que ambos gostariam de salvar o casamento, mas fracassam em tentativas frustradas.

Mérito pra mensagem final do filme quando retrata a importância de uma boa e verdadeira amizade.

Trata-se, portanto, de um filme que gostar ou não vai depender muito do ponto de vista pessoal. Digo isto pelo que já exposto acima, onde é bem provável que o público feminino se sinta bem representado ao contrário do público masculino mais exigente e criterioso.

Pra finalizar, Minha Vida em Marte é um bom filme que já arrancou muitas risadas e mexeu com as emoções de muita gente. E ainda digo que vai continuar arrancando muitas risadas por um bom tempo.

Importante destacar que o longa foca quase que 100% do tempo em apenas dois personagens Fernanda e Aníbal, ou seja, a história é contada sob esta perspectiva.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook Basic Black
Please reload

Procurar por Tags
Siga "PELO MUNDO"
Por Trás do Papo Livre
Leitura Recomendada
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now